sábado, 28 de fevereiro de 2015

Sobre se sujar

Palavras da profe Dai do colégio da Ton. Nível II
"Tenho o hábito de brincar com meus alunos no final da tarde, quando já estão SUADOS (pq correram e exploraram o pátio) e SUJOS (pq brincaram com água e areia livremente) dizendo:
- o que eu vou dizer para tua mãe quando ela chegar??
Até que um dia ouvi uma resposta que alegrou meu coração!
-Não se preocupa prof, minha mãe disse que criança que se suja é pq brincou bastante!
E concordo com a Paola !
Criança que se suja é pq brincou! É mais feliz! É mais criança!!"

Sobre cartas a Théo

(12 /12 /2014)
 Ontem, fui com a Ton em uma exposição no Memorial do Rio Grande do Sul.  Entre uma obra e outra, vimos vários postais, e eu tentando explicar:

 _ Filha, antes as pessoas não usavam e-mail para falarem umas com as outras. Elas mandavam estes postais, bem coloridos. Colocavam no correio e o correio entregava em casa. Entendeu?

_ Sim mãe, igual as cartas do Van Gogh pro irmão dele.

Sobre saxo, sixo... ããã... sexo

Ton me chama:
_ Ohh mãeeeee

_ Que filha.
_ O que é saxo?sixo? Ãããa, sexo. É sexo. Sexo, sexo, sexo.
E eu mudando de cor. Cada vez que escutava a palavra sexo ficava branca, rosa, vermelha, roxa...
É... ãããã... filha... a mãe não sabe explicar bem. É uma coisa que os adultos fazem pra ter bebê, mas eu não sei explicar. Juro que vou comprar um livro e te explicar melhor. Mas agora a mãe não sabe responder.
_ Mas quem te falou isso?
_ Ué, o Arthur é que me disse: "Tu não sabe o que é sexooo".
_ Ai filha, tu não tem idade pra estas coisas. Não repete no colégio tá? Não fala pros colegas.
_ Ah mãe, eles também não sabem o que é
(ou seja, ela já andou falando pros colegas)
_ O pai, o que é sexo??
_ Eu não sei o que é. Mas pergunta pra tua mãe.

E a dúvida ficou no ar.

Sobre todas as cores

Antonella ganha do papai noel uma bebê negra e linda. A tia Lu passou muito tempo procurando por uma boneca destas.

Estava brincando com ela e  perguntei:
"_Filha, me conta como é a família da tua boneca. Tu é a mãe, como é o pai?"
"_Ué mãe... ela é marrom, eu sou amarela e o pai dela é leopardo. "

Leopardo é o mesmo que pardo para Tonton.

Sobre amigos e política

Novo ano escolar, agora já és da "turma dos grandes na escola dos pequenos". Conversando comigo e com o teu pai sobre os amigos:
_ Sabe, só tem dois colegas que eu não me dou bem.
_ Sério filha, mas porque vocês não se dão bem?
_ Ahh, nós somos diferentes. Eles só falam de política.

:) 

Adivinha, adivinha

Eu e a Ton gostamos de brincar de adivinhar, olhamos para algo e damos as caraterísticas para a outra descobrir o que é. No chão tinha uma cueca branca do Diego e comecei...

Mãe: Adivinha, adivinha o que estou pensando: É branco, os meninos podem usar e tem um buraquinho na frente para que os meninos façam xixi.

Filha: É a camisinha!

"Pelo menos isso não preciso explicar o que é... "

Sobre pequenos poemas

"O ventilador gira gira, mas ta sempre parado. Ele só queria voar" (Antonella, 5 anos)

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Sobre pequenos poemas

VIA

 Estamos em uma época legal. Mamãe acabou a faculdade, tu voltou para a aula de música e decidisse tocar Cello. Tem dias que lemos poesias antes de dormir...
   Hoje depois da oficina que te levei (sobre Henri Matisse), fomos a exposição "O coração se pudesse pensar, pararia". Pela primeira vez  escrevesse teu nome no livro de assinaturas, e na hora de opinar sobre as obras, respondesse:

"Voam como borboletas, mas são como poemas."

  Agora brincas de inventar poemas.

terça-feira, 8 de julho de 2014

Sobre fazer xixi

Ontem ligaram do colégio:
_Alô, Paola? É a profe da Antonella. Ela fez xixi nas calças.

E lá foi o Diego levar roupas secas.

Na volta do colégio a pequena conta pro pai com voz de choro:

_Pai (choramingando), hoje a gente tava brincando e tava tão legal, que eu fiz xixi na cabeça da minha amiga (Buaaa).

(Acho que a brincadeira era de passar embaixo da perna uma da outra)

sábado, 5 de julho de 2014

Sobre a troca de palavras

Ton:  Mãe, hoje eu fiz no colégio "baratona".

Mãe:  Ah é?

Ton:  É, eu não sei o que é. Mas a gente amarrava um pé no pé da colega e saía correndo. A profe disse que é baratona

Mãe:   Ahh, maratona ton. MA-ratona.